Homem morre ao preparar explosivo em local de comício no Quênia

domingo, 17 de fevereiro de 2013 13:29 BRT
 

Por Abdisalan Ahmed

GARISSA, Quênia, 17 Fev (Reuters) - Uma explosão matou pelo menos uma pessoa em uma cidade de fronteira do Quênia, onde uma candidata presidencial das próximas eleições do país realizaria comício neste domingo, disse a polícia.

Moradores ouviram uma grande explosão na noite de sábado na cidade oriental de Garissa, mas a polícia só conseguiu determinar, neste domingo, que o local da explosão era o campo de uma escola primária. O fogo foi causado por um dispositivo explosivo improvisado, informaram eles.

Martha Karua, única candidata presidencial mulher da eleição de 4 de março e classificada entre os candidatos de menor apoio na maioria das pesquisas, estava programada para discursar no local na tarde deste domingo, disse o chefe de polícia regional, Charlton Mureithi.

"Nossa avaliação inicial revela que o homem estava tentando preparar um dispositivo explosivo improvisado perto do tablado, mas morreu quando o dispositivo explodiu sobre ele rasgando seu corpo em pedaços", contou Mureithi a repórteres.

O campo aberto também fica próximo a um acampamento militar em uma cidade que é usada como base de apoio para a missão militar do Quênia na Somália. Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelo ataque, segundo a polícia.

Karua manteve o encontro com seus partidários na cidade e usará um novo local porque o campo da escola primária é agora uma cena de crime, informaram funcionários em sua equipe de campanha.

O Quênia tem experimentado uma onda de ataques violentos, principalmente na capital e perto da fronteira com a Somália, desde que enviou soldados para esse país vizinho em outubro de 2011, para expulsar rebeldes da al Shabaab islâmica, ligada à Al Qaeda.