Correa é reeleito presidente do Equador

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 07:20 BRT
 

QUITO, 18 Fev (Reuters) - O presidente do Equador, Rafael Correa, foi reeleito no domingo com uma vitória incontestável, que o permite ampliar o controle estatal sobre a economia do país exportador de petróleo e garante novo fôlego aos líderes socialistas da América Latina.

O carismático líder de esquerda recebeu 57 por cento dos votos, ante 24 por cento para o segundo colocado, Guillermo Lasso, com quase 40 por cento dos votos contados, na noite de domingo. A autoridade eleitoral equatoriana informou que os resultados não deveriam mudar significativamente.

"Ninguém pode deter essa revolução", disse Correa a partidários em discurso na varanda do palácio presidencial, após declarar-se vitorioso.

"As forças coloniais não estão mais no controle. Vocês podem ter certeza que essa revolução tem os equatorianos no controle."

Correa, economista que estudou nos EUA, tomou posse pela primeira vez em 2007 e ganhou o apoio dos mais pobres ao usar as receitas do petróleo para construir estradas, hospitais e escolas nas áreas rurais e mais pobres do país.

(Por Brian Ellsworth e Eduardo Garcia)