Berlusconi envia pelo correio promessa de restituir impostos

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 14:12 BRT
 

ROMA, 20 Fev (Reuters) - O ex-premiê Silvio Berlusconi irritou seus adversários políticos ao enviar cartas a milhões de italianos prometendo a restituição dos impostos pagos em 2012, numa última cartada antes da eleição do próximo fim de semana.

Os envelopes tinham aparência de comunicação oficial, com os dizeres: "Aviso importante: restituição do IMU 2012", numa referência ao impopular imposto imobiliário criado pelo governo tecnocrata do primeiro-ministro Mario Monti.

"A restituição será disponibilizada por meio de uma transferência para a sua conta bancária, ou pessoalmente a você no balcão da agência dos correios", diz a carta.

Pier Luigi Bersani, líder da coalizão centro-esquerdista que lidera as últimas pesquisas, chamou a carta de "golpe".

"Esse é um jeito de fazer campanha que simplesmente não posso aceitar. É hora de sermos sérios", disse.

O ex-promotor Antonio Ingroia, que comanda um pequeno grupo de centro-esquerda, foi ainda mais incisivo. "Com a carta enviada aos italianos prometendo dinheiro em troca de votos, Berlusconi cometeu um crime, possivelmente dois", escreveu ele em seu site, defendendo a abertura de um processo contra o político de centro-direita, que deixou o cargo de premiê em 2011, no auge da crise financeira no país, e busca agora voltar à chefia de governo.

Berlusconi cresceu nas pesquisas a partir do começo do ano, e desde o início de fevereiro vem prometendo insistentemente restituir o imposto pago. Ele já havia adotado uma estratégia semelhante em 2008, com sucesso.

O IMU é uma das mais impopulares medidas adotadas por Monti para equilibrar as contas públicas italianas. Mas, segundo pesquisa do instituto Demopolis no começo de fevereiro, 51 por cento dos italianos duvidam que Berlusconi irá mesmo restituir a quantia paga. Só 15 por cento acreditam nisso.

(Reportagem de Naomi O'Leary)

 
Ex-premiê italiano Silvio Berlusconi gesticula durante comício em Turin, Itália. Berlusconi irritou seus adversários políticos ao enviar cartas a milhões de italianos prometendo a restituição dos impostos pagos em 2012, numa última cartada antes da eleição do próximo fim de semana. 17/02/2013 REUTERS/Giorgio Perottino