27 de Junho de 2012 / às 21:29 / em 5 anos

Chicago descriminaliza pequenas quantidades de maconha

Por Mary Wisniewski

CHICAGO, 27 Jun (Reuters) - A Câmara dos Vereadores de Chicago aprovou na quarta-feira, por 43 votos a 3, a descriminalização da posse de pequenas quantidades de maconha, seguindo a tendência de outras cidades norte-americanas.

O prefeito Rahm Emanuel apoiou a medida, pela qual policiais devem impor uma advertência por escrito e uma multa, de entre 250 dólares e 500 dólares, para quem portar até 15 gramas da droga, em vez de prender o infrator.

Partidários da medida dizem que ela vai contribuir com a arrecadação municipal e liberará recursos financeiros e policiais para o combate a crimes mais sérios.

Mais de 12 Estados e várias grandes cidades dos EUA já tomaram medidas semelhantes. Chicago, base eleitoral do presidente Barack Obama e terceira maior cidade do país, teve neste ano um aumento de 37 por cento nos seus casos de homicídio.

O vereador Roberto Maldonado, que era contra a liberação, disse que será interpretada por muitos como “uma licença para fumar maconha em público”.

A polícia local realizou no ano passado 18.298 detenções de pessoas que portavam até dez gramas de maconha, segundo a prefeitura. Cada caso desses mobiliza em média quatro agentes - dois para a prisão, dois para o transporte do infrator.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below