Irã fortalecerá presença naval em ilhas disputadas no Golfo

domingo, 4 de novembro de 2012 14:56 BRST
 

DUBAI, 4 Nov (Reuters) - O Irã irá aumentar sua presença naval no Golfo Pérsico para fortalecer sua autoridade nas três ilhas que os Emirados Árabes Unidos dizem ser seu território, informou Teerã neste domingo.

As ilhas estão próximas a rotas de navegação no coração do estratégico Estreito de Ormuz e o desafio sobre sua soberania é uma ameaça constante às frágeis relações do Irã com seus vizinhos árabes.

"A segurança das ilhas iranianas no Golfo Pérsico é parte de várias estratégias da força naval da Guarda Revolucionária Islâmica", afirmou o comandante da Guarda, Ali Jafari, de acordo com o website da televisão estatal IRIB.

Jafari falou em cerimônia de inauguração da quinta "zona de defesa naval" no porto de Bandar Lengeh. Ele afirmou que a Guarda está "aumentando, expandindo-se e melhorando as competências especilizadas em defesa naval" nas cinco zonas.

"A quinta zona da força naval da Guarda é uma das cadeias da defesa naval, que é particularmente responsável pelo defesa das ilhas iranianas no Golfo Pérsico", disse ele.

A disputa de 41 anos entre os xiitas iranianos e os sunitas dos Emirados Árabes Unidos pelas ilhas --a Grande e a Pequena Tunb e Abu Musa-- tem tons nacionalistas e étnicos e foi inflamada quando o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, visitou Abu Musa em abril.

Em setembro, o ministro do Exterior dos Emirados Árabes Unidos, xeique Abdullah bin Zayed al-Nahayan, disse que a "ocupação" iraniana das três ilhas era contra a lei internacional.

(Por Yeganeh Torbati e Zahra Hosseinian)