Eleitores atingidos por Sandy enfrentam atrasos e confusão

terça-feira, 6 de novembro de 2012 15:50 BRST
 

Por Edith Honan e Philip Barbara

ROCKAWAY PARK/BELMAR, 6 Nov (Reuters) - Já exaustos de uma limpeza maciça e jornadas terríveis para chegar ao trabalho, milhares de eleitores norte-americanos nas regiões atingidas pela tempestade em Nova York e Nova Jersey encontraram confusão e longas filas ao tentar votar na acirrada eleição presidencial.

As autoridades eleitorais enfrentam desafios sem precedentes em todo o nordeste dos Estados Unidos, onde locais de votação estão entre os milhares de edifícios danificados pela tempestade Sandy há oito dias.

Nova York e Nova Jersey tomaram medidas para facilitar o caminho para os moradores que já lidam com inundações devastadoras, falta de energia e escassez de combustível generalizada.

Sandy atingiu a costa de Jersey em 29 de outubro como uma rara supertempestade híbrida depois de matar 69 pessoas no Caribe e, em seguida, fundir-se com um forte sistema no Atlântico Norte.

A tempestade matou pelo menos 113 nos Estados Unidos e Canadá, e deixou milhões de pessoas sem energia, enquanto inundou cidades costeiras e alagou ruas de Nova Iorque e túneis de metrô.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse que os nova-iorquinos conseguiriam votar em qualquer local de votação apresentando uma declaração. Em Nova Jersey, as pessoas afetadas pela Sandy serão consideradas como eleitores no exterior, tendo permissão para votar por fax ou e-mail.

"Queremos que todos votem. Só porque você está desalojado não significa que você deve ser marginalizado", disse Cuomo.

A ordem de Cuomo pareceu criar confusão entre os mesários, com cédulas de papel e declarações em alguns casos sendo distribuídas aos eleitores que chegavam ao seu local de votação regular, e não apenas para aqueles cujo local de votação regular era outro.   Continuação...

 
Javier Sales entrega urnas eleitorais para uma seção eleitoral improvisada em um parquinho de escola danificada pela tempestade Sandy, no município de Queens, em Nova York. Milhares de eleitores das regiões de Nova York e Nova Jersey atingidas pela tempestade Sandy, que já enfrentam um enorme esforço para limpeza dos destroços e complicações no transporte público, devem ter dificuldades também para votar nesta terça-feira na eleição para presidente. 05/11/2012 REUTERS/Brendan McDermid