Eleitores de Romney, gestores de fundos planejam festa após votação

terça-feira, 6 de novembro de 2012 15:44 BRST
 

Por Svea Herbst-Bayliss e Katya Wachtel e Lauren Tara LaCapra

BOSTON/NOVA YORK, 6 Nov (Reuters) - Existe um grupo de eleitores dentro do qual Mitt Romney deve vencer de forma avassaladora na eleição presidencial desta terça-feira nos Estados Unidos: os gestores de fundos hedge.

A maioria dos gestores de fundos hedge mais conhecidos apoiou e, mais importante, colocou dólares na campanha do candidato presidencial republicano há muito tempo.

Agora, alguns pesos-pesados da indústria de 2 trilhões de dólares planejam abrir a champanhe e festejar com estilo na noite desta terça-feira para torcer por seu escolhido em eventos em Boston, Nova York e até mesmo Las Vegas, de acordo com pessoas familiares com a campanha de Romney e alguns dos grandes contribuidores.

O bilionário Julian Robertson, gestor de fundos hedge que ajudou a lançar a carreira de mais de uma dezena de outros gestores de fundos, estará em Boston, onde Romney e a família assistirão a divulgação dos resultados.

Robertson e Romney se conhecem há décadas, quando Romney administrava a Bain Capital e a Tiger Management, de Robertson, era um dos maiores fundos hedge. No auge do sucesso da Tiger, o fundo supervisionava mais de 20 bilhões de dólares.

O senso comum sugere que, se Romney derrotar o presidente Barack Obama, será menos provável que ele aumente os impostos dos ricos e possivelmente ele amenizará a rigorosa regulamentação de Wall Street. Como resultado, a bolsa de valores deve subir.

É um cenário que agrada a muitos gestores de fundos hedge, muitos dos quais sentem que Obama demonizou Wall Street e os ricos em geral, enquanto apoiou regulamentações mais duras sobre o setor financeiro.

Junto com Robertson em Boston estarão outros grandes doadores da campanha de Romney, incluindo o dono da New York Jets, Woody Johnson, e o polêmico magnata dos cassinos Sheldon Adelson, um dos maiores contribuidores aos candidatos republicanos este ano.

Anthony Scaramucci, fundador da empresa de investimento Skybridge Capital, organizador da popular conferência Salt, dos fundos hedge, em Las Vegas, e antigo apoiador de Romney, também está indo para Boston. Paul Singer, que dirige o fundo hedge Elliott Associates, de 20 bilhões de dólares, e é outro grande apoiador de Romney, foi convidado a passar a noite em Boston, mas seus planos são desconhecidos.

Pessoas ligadas à campanha afirmam que os maiores doadores e arrecadadores da campanha de Romney estarão em uma festa particular no Hotel Westin, perto do Centro de Convenção e Exposição de Boston, onde Romney deve se pronunciar depois que os resultados da eleição forem anunciados.