Obama ganha força contra Romney; foco está voltado para Ohio

quarta-feira, 7 de novembro de 2012 01:39 BRST
 

Por Steve Holland e John Whitesides

WASHINGTON, 7 Nov (Reuters) - O presidente norte-americano, Barack Obama, venceu em Wisconsin e Pensilvânia na terça-feira e limitou a trajetória de seu rival Mitt Romney em direção à vitória, enquanto os eleitores dos Estados Unidos escolhiam entre duas visões completamente diferentes para o país.

As vitórias de Obama nos dois Estados aumentaram a pressão para Romney ganhar em Ohio, Flórida e Virginia, três campos de batalha onde a corrida estava muito acirrada para poder fazer uma previsão.

Pelo menos 120 milhões de pessoas eram esperadas para decidir entre o democrata e Romney após uma longa, cara e amarga campanha presidencial centrada em como reparar a economia em crise dos Estados Unidos.

Na batalha Estado por Estado para conseguir os 270 votos do Colégio Eleitoral necessários para a presidência, Obama e Romney acumularam as primeiras vitórias já previstas em alguns Estados.

Os democratas ficaram animados pelos primeiros resultados em Ohio e Flórida, com uma ligeira vantagem para o presidente. O republicano Romney estava ligeiramente à frente num terceiro Estado-chave, a Virgínia.

Romney precisa vencer nos três para chegar à presidência, enquanto Obama pode se dar ao luxo de perder em um ou dois deles.

As chances do republicano foram afetadas pelas vitórias de Obama em Wisconsin e Pensilvânia, assim como em New Hampshire. Na semana passada, Romney visitou Wisconsin, Estado de origem de seu vice na chapa presidencial, Paul Ryan, e parou na Pensilvânia nesta terça-feira na esperança de conseguir uma vitória surpresa.

Em outra vitória que também limitou o caminho de Romney, Obama ganhou no Michigan, Estado de nascimento do republicano, mas onde entrou em conflito com os eleitores, opondo-se ao resgate de Obama à indústria automobilística. Algumas pesquisas mostraram uma disputa acirrada no Estado.   Continuação...