Pessoas voltam à ilha em Nova Jersey para descobrir destino de suas casas

sábado, 10 de novembro de 2012 11:00 BRST
 

Por Eddie Evans

10 Nov (Reuters) - Muitos norte-americanos estão voltando à suas casas localizadas em uma ilha de 30 quilômetros de extensão na costa de Nova Jersey, nos Estados Unidos, e muitos deles terão a primeira visão do que aconteceu com seus bens depois da passagem da tempestade Sandy pela costa Nordeste do país.

Long Beach Island, um enclave de residências majoritariamente usadas para a temporada de férias, recebeu impacto direto de Sandy. Algumas casas foram invadidas por água do mar e areia, enquanto outras foram completamente destruídas.

A ilha, que tem cerca de 10 mil moradores, mas vê sua população aumentar em dez vezes no verão, estava fechada para habitantes, exceto para rápidas visitas com o objetivo de retirar pertences.

A tempestade Sandy chegou à costa norte-americana no dia 29 de outubro, matando pelo menos 120 pessoas e causando cerca de 50 bilhões de dólares em danos ou perdas econômicas. Ela destruiu casas na costa de Nova Jersey e em Nova York, além de ter cortado o fornecimento de energia elétrica para milhões de pessoas e derrubado grande parte do sistema de transportes públicos.

Dias depois, manifestantes foram às ruas protestar porque ainda estavam sem eletricidade e um racionamento de gasolina estava em vigor. A população teve dificuldade durante toda a semana para entrar e sair de Nova York.

Autoridades alertaram que comunidades costeiras precisarão de um tempo maior para recuperação. Nesse locais, muitas casas foram destruídas ou queimadas.

"Essa não será uma jornada curta", afirmou o governador de Nova York, Andrew Cuomo, durante coletiva de imprensa na sexta-feira.

O governador de Nova Jersey, Chris Christie, que visitou a costa da cidade homônima na sexta-feira, disse que muitos locais de férias populares não serão reconstruídos até o próximo verão, em meados de 2013. "Esse é nosso Katrina", afirmou, referindo-se ao furacão que devastou Nova Orleans em 2005.   Continuação...