EUA baterão Arábia Saudita como maior produtor de petróleo--AIE

segunda-feira, 12 de novembro de 2012 10:16 BRST
 

LONDRES, 12 Nov (Reuters) - Os Estados Unidos vão superar a Arábia Saudita como maior produtor mundial de petróleo até 2017, disse a agência ocidental de energia nesta segunda-feira, uma vez que um aumento na produção de petróleo e de gás de xisto empurra o país em direção à autossuficiência em energia.

A Agência Internacional de Energia (AIE), que aconselha as maiores nações industrializadas sobre política energética, deu as estimativas em seu relatório anual. Suas conclusões ficaram em contraste com o relatório de 2011, que previu a Arábia Saudita ainda como maior produtor até 2035.

"O desenvolvimento energético nos Estados Unidos é profundo e seu efeito será sentido bem além da América do Norte e do setor de energia", disse a AIE.

"A recente recuperação na produção de petróleo e gás dos Estados Unidos, conduzida por tecnologias que estão desbloqueando fontes de petróleo e gás, está estimulando a atividade econômica --com menores custos e preços de eletricidade dando à indústria uma vantagem competitiva", acrescentou.

A AIE disse prever uma queda contínua das importações norte-americanas de petróleo, com a América do Norte se tornando exportador líquido de petróleo por volta de 2030.

O economista-chefe da AIE, Fatih Birol, disse em coletiva de imprensa em Londres acreditar que os Estados Unidos podem ultrapassar a Rússia como o maior produtor de gás por uma margem significativa em 2015. Pouco depois, em 2017, os Estados Unidos se tornariam os maiores produtores de petróleo, disse ele.

(Reportagem de Dmitry Zhdannikov)