12 de Novembro de 2012 / às 13:42 / em 5 anos

Turistas nadam em praça de Veneza após chuva forte

Pessoas caminham por rua alagada de Veneza. Cerca de três quartos da cidade ficaram alagados nesta segunda-feira, e os turistas aproveitaram para nadar na Praça de São Marco, depois de fortes chuvas que atingiram a região norte e central da Itália, forçando 200 pessoas a deixarem suas casas na Toscana. REUTERS/Manuel Silvestri

VENEZA, 12 Nov (Reuters) - Cerca de três quartos da cidade de Veneza ficaram alagados nesta segunda-feira, e os turistas aproveitaram para nadar na Praça de São Marco, depois de fortes chuvas que atingiram a região norte e central da Itália, forçando 200 pessoas a deixarem suas casas na Toscana.

Lojas, casas e palácios históricos foram invadidos pelas águas da Lagoa de Veneza, e as autoridades disseram que 70 por cento da cidade, conhecida por seus canais, ficou inundada.

O nível da água alcançou 149 centímetros, o sexto mais alto desde que começaram a ser feitos registros em 1872. A inundação forçou os moradores a andar com água até a cintura. Turistas vestindo trajes de banho sentaram-se nos cafés sob a água.

Não havia estimativa de estragos na famosa cidade turística.

Reportagem de Steve Scherer e Naomi O'Leary

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below