Obama conversa com líderes de Israel e Egito sobre Gaza

quinta-feira, 15 de novembro de 2012 12:36 BRST
 

WASHINGTON, 15 Nov (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conversou na quarta-feira com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente egípcio, Mohamed Mursi, e reiterou o apoio norte-americano ao direito de autodefesa de Israel diante dos ataques de foguete da Faixa de Gaza, informou a Casa Branca.

Obama falou com os dois líderes sobre os ataques de foguete lançados de Gaza em direção a Israel e da escalada da violência no território, disse a Casa Branca em um comunicado.

"O presidente fez um chamado ao primeiro-ministro Netanyahu para que faça todo o esforço para evitar vítimas entre os civis. Os dois concordaram que o Hamas precisa parar com os ataques contra Israel para permitir que a situação se acalme", assinala o texto.

"O presidente também conversou com o presidente Mursi, considerando o papel central do Egito na preservação da segurança regional. Em sua conversa, presidente Obama condenou os foguetes de Gaza contra Israel e reiterou o direito de Israel se defender", diz a nota.

O comunicado da Casa Branca afirma ainda que Obama e Mursi concordaram quanto à importância de "trabalhar para acalmar a situação o mais rápido possível" e permanecerão em contato estreito nos próximos dias.

O Egito, um dos dois países árabes com acordo de paz com Israel, desempenhou um papel importante nos últimos anos ao obter a suspensão de hostilidades entre Israel e os militantes do Hamas, que governam a Faixa de Gaza.

Mursi, político islamista, vem sendo pressionado pelos EUA para garantir o acordo de paz com o Estado judaico. O Egito mantém contatos diplomáticos com os líderes do Hamas em Gaza e tem relações diplomáticas com Israel.

Os militares do Egito recebem uma grande ajuda financeira dos EUA e o governo egípcio busca assistência norte-americana para o desenvolvimento do país e perdão da dívida para estimular sua frágil economia.

(Por Jeff Mason, Mark Felsenthal e Matt Spetalnick)