Foguetes atingem Tel Aviv e número de vítimas em Gaza sobe em conflito na região

quinta-feira, 15 de novembro de 2012 19:54 BRST
 

Por Nidal al-Mughrabi

GAZA, 15 Nov (Reuters) - Dois foguetes disparados da Faixa de Gaza atingiram Tel Aviv na quinta-feira no primeiro ataque à capital comercial de Israel em 20 anos, aumentando os riscos de um confronto entre Israel e os palestinos que está caminhando para uma guerra.

Mais cedo, um foguete do Hamas matou três israelenses ao norte da Faixa de Gaza, fazendo as primeiras vítimas israelenses, à medida que o número de mortos palestinos subiu para 16, cinco delas crianças.

Aviões de guerra israelenses bombardearam alvos em Gaza e ao redor da cidade pelo segundo dia consecutivo, abalando edifícios altos. Em um sinal de eventual escalada, o porta-voz das Forças Armadas de Israel disse que os militares tinham recebido permissão para convocar até 30 mil soldados da reserva.

O ministro da Defesa israelense, Ehud Barak, disse que os militantes palestinos pagariam o preço por disparar os mísseis.

Ao mesmo tempo, aeronaves israelenses realizaram uma onda de ataques noturnos contra alvos em todo o enclave, desencadeando mais de 25 rápidos ataques consecutivos.

Um gerador elétrico que fornece energia para a casa do primeiro-ministro do Hamas, Ismail Haniyeh, na costa de Gaza, foi atingido por um míssil israelense.

O conflito, iniciado por Israel com a morte do chefe militar do Hamas, atiça mais o fogo no Oriente Médio já em chamas com dois anos de revolução e uma guerra civil fora de controle na Síria.

Israel diz que seu ataque é uma resposta a crescentes ataques com mísseis a partir de Gaza. Os bombardeios de Israel ainda não atingiram o nível visto pela última vez quando invadiu Gaza em 2008, mas as autoridades israelenses disseram que um ataque terrestre ainda é uma opção.   Continuação...