Morador de NY pega prisão perpétua por tramar atentado no metrô

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 19:56 BRST
 

Por Jessica Dye

NOVA YORK, 16 Nov (Reuters) - Um cidadão norte-americano de origem bósnia foi sentenciado na sexta-feira à prisão perpétua por seu envolvimento em preparativos para um atentado suicida no metrô de Nova York, em 2009.

Adis Medunjanin, 28 anos, havia sido condenado em maio por um júri federal do Brooklyn, onde respondia por nove acusações, inclusive conspiração para o uso de arma de destruição em massa, conspiração para cometer ato terrorista e fornecimento de apoio material à Al Qaeda.

A prisão perpétua era a pena solicitada pela promotoria, que o acusou de cometer "uma série de crimes hediondos destinados a matar e mutilar seus concidadãos norte-americanos, a fim de alterar e se vingar da política externa norte-americana".

Dois cúmplices do plano, Najibullah Zazi e Zarein Ahmedzay, declararam-se culpados e depuseram contra Medunjanin. Eles serão sentenciados em dezembro e maio, respectivamente.