Israel investiga ataque que matou 11 civis em Gaza

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 14:05 BRST
 

Por Maayan Lubell

JERUSALÉM, 19 Nov (Reuters) - Os militares israelenses disseram nesta segunda-feira que ainda não podiam dar uma explicação sobre um ataque aéreo na Faixa de Gaza que matou 11 civis palestinos, incluindo nove membros de uma mesma família.

O ataque derrubou uma casa de três andares onde estava a família al-Dalu e matou também dois vizinhos. Foi o mais elevado número de mortos num único bombardeio desde o início da ofensiva de Israel na quarta-feira, com o objetivo declarado de pôr fim a anos de disparos esporádicos de foguetes dos palestinos contra o território israelense.

Um dia depois do ataque de domingo, cujas vítimas atravessam quatro gerações, ainda não ficou claro pelos comentários israelenses por que o prédio era um alvo.

Uma porta-voz militar disse à Reuters que as circunstâncias ainda estão sob investigação e ela não podia dar mais detalhes no momento.

Os jornais israelenses Haaretz e Maariv informaram que o Exército havia atirado na casa errada, enquanto o jornal local de maior tiragem, o Yedioth Ahronoth, afirmou que a casa da família al-Dalu era de fato o alvo e que abrigava um militante do Hamas.

Por volta da hora do ataque, os militares disseram ter atingido o comandante do Hamas das operações de lançamento de foguetes, identificando-o como Yihia Abayah.

Logo depois surgiu a informação de que uma família havia sido morta no bombardeio. Horas mais tarde, o chefe dos porta-vozes do Exército de Israel, Yoav Mordechai, disse na televisão que os militares tentaram atacar Abayah. "Embora eu não saiba o desfecho, houve civis afetados por isso."

No entanto, ao redor da casa da família al-Dalu as pessoas dizem desconhecer Yihia Abayah.   Continuação...

 
Palestinos ficam em volta dos corpos dos membros da família al-Dalo durante o funeral na cidade de Gaza. Os militares israelenses disseram nesta segunda-feira que ainda não podiam dar uma explicação sobre um ataque aéreo na Faixa de Gaza que matou 11 civis palestinos, incluindo nove membros de uma mesma família. O ataque derrubou uma casa de três andares onde estava a família al-Dalu e matou também dois vizinhos. 19/11/2012 REUTERS/Mohammed Salem