Papa alerta que conflito em Gaza pode se espalhar

quarta-feira, 21 de novembro de 2012 11:38 BRST
 

CIDADE DO VATICANO, 21 Nov (Reuters) - O papa Bento 16 pediu na quarta-feira aos líderes israelenses e palestinos que tomem "decisões corajosas" para encerrarem o conflito na Faixa de Gaza, que segundo ele pode se espalhar para o resto do Oriente Médio.

Em sua audiência geral semanal na praça de São Pedro, o papa disse a fiéis e turistas que apoia a negociação de um cessar-fogo.

"Apelo às autoridades de ambas as partes para que tomem decisões corajosas a favor da paz e que deem fim a um conflito com repercussões negativas em todo o Oriente Médio, já atormentado por conflitos demais, e tão necessitado de paz e reconciliação", disse o pontífice.

"Sinto a necessidade de mais uma vez dizer que o ódio e a violência não são soluções para os problemas. Também encorajo os esforços dos que estão trabalhando por uma trégua e para promover negociações."

Israel já realizou mais de 1.500 ataques à Faixa de Gaza desde o início da ofensiva, há uma semana. Fontes médicas em Gaza dizem que 139 palestinos morreram, a maioria civis, incluindo 34 crianças.

Quase 1.400 foguetes palestinos já foram disparados por palestinos contra Israel, matando quatro civis e um soldado, segundo fontes militares.

(Reportagem de Philip Pullella)

 
O papa Bento XVI participa de audiência nesta quarta-feira no Vaticano. O papa pediu na quarta-feira aos líderes israelenses e palestinos que tomem "decisões corajosas" para encerrarem o conflito na Faixa de Gaza, que segundo ele pode se espalhar para o resto do Oriente Médio. 21/11/2012 REUTERS/Alessandro Bianchi