Papa Bento 16 pede novos esforços pela paz no Oriente Médio

segunda-feira, 26 de novembro de 2012 15:36 BRST
 

CIDADE DO VATICANO, 26 Nov (Reuters) - O papa Bento 16 fez um novo apelo nesta segunda-feira pela paz no Oriente Médio e liberdade de culto para os cristãos, após repetidos ataques de violência e intimidação que têm causado grande preocupação para o Vaticano.

"Eu quero particularmente incentivar a vida e a presença de cristãos no Oriente Médio, onde eles devem ser capazes de viver livremente a sua fé, e lançar mais uma vez um apelo urgente pela paz na região", disse Bento 16, em comentários dirigidos a peregrinos libaneses no Vaticano.

O apelo segue um pedido na semana passada para um fim ao conflito em Gaza, onde um cessar-fogo foi estabelecido na quarta-feira.

O papa se dirigiu aos peregrinos libaneses após Beatitude Bechara Boutros Rai, 72 anos, patriarca da Igreja Católica Maronita no Líbano, ser nomeado como um dos novos cardeais em uma cerimônia chamada de consistório.

"A Igreja encoraja todos os esforços para a paz no mundo e no Oriente Médio, uma paz que só será eficaz se for baseada no respeito autêntico por outras pessoas", disse Bento, que visitou o Líbano em setembro.

(Reportagem de James Mackenzie)