Caças sírios bombardeiam base rebelde perto da Turquia

segunda-feira, 26 de novembro de 2012 19:32 BRST
 

Por Mahdi Mohammed

BUKULMEZ, Turquia, 26 Nov (Reuters) - Aviões sírios bombardearam na segunda-feira uma base rebelde próxima da fronteira com a Turquia. Eles erraram o alvo, mas fizeram centenas de sírios fugirem para o país vizinho.

O ataque, na localidade de Atima, ocorreu na véspera de a Turquia e a Otan iniciarem uma avaliação sobre onde estacionarem mísseis terra-ar nos arredores da fronteira desse país com a Síria, que se estende por quase 900 quilômetros.

A Turquia apoia ativamente os rebeldes que lutam para derrubar o governo de Bashar al Assad, e sempre responde à altura quando seu território é atingido por disparos das forças sírias.

Damasco diz que a instalação de mísseis Patriot no lado turco da fronteira seria uma atitude "provocativa", mas Ancara garante que eles serão usados apenas na defesa do seu próprio território, e não para criar uma zona de exclusão aérea dentro da Síria, algo que os rebeldes há meses solicitam, na esperança de neutralizar a superioridade aérea de Assad.

Descrevendo o bombardeio à base do Exército Sírio Livre, um ativista chamado Ahmed, que vive a poucos quarteirões dali, disse que "dois caças sírios vieram e dispararam cinco foguetes - três caíram em áreas agrícolas, e outros dois atingiram prédios próximos da base".

Segundo Ahmed, essa base insurgente havia sido instalada há dois meses pelo comandante rebelde Mustafa al Sheikh, que antes estava refugiado na Turquia.

Ativistas disseram que os rebeldes dispararam baterias antiaéreas contra os caças do governo, mas estes voavam alto demais para serem atingidos. "Acho que a razão para o ataque pode ter tido algo a ver com o crescente movimento de armas ", disse Ahmed.

Centenas de sírios que fugiram para a Turquia depois do bombardeio estão sendo amparados pelo Exército turco. Pelo menos dois feridos chegaram ao outro lado da fronteira.   Continuação...