Brahimi tem conversa "construtiva" com EUA e Rússia sobre Síria

domingo, 9 de dezembro de 2012 15:52 BRST
 

GENEBRA, 9 Dez (Reuters) - O enviado internacional Lakhdar Brahimi disse após conversas em Genebra com autoridades russas e norte-americanas neste domingo que concordaram que ainda era possível encontrar uma solução política à profunda crise na Síria.

"O encontro foi construtivo e mantido em um espírito de cooperação. Explorou caminhos para avançar com um processo pacífico e mobilizar uma maior ação internacional em favor de uma solução política para a crise síria", disse Brahimi em comunicado divulgado no fim da reunião de um dia em Genebra, na Suíça.

Brahimi, representante especial da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe, reuniu-se com o vice-chanceler da Rússia, Mikhail Bogdanov, e com o subsecretário de Estado norte-americano, William Burns, em uma localidade não divulgada na cidade da Suíça.

Mais cedo na semana passada, Brahimi se reuniu com a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, e o chanceler russo, Sergei Lavrov.

"Todos os três envolvidos reafirmaram sua avaliação comum de que a situação na Síria é ruim e está piorando. Eles destacaram que um processo político para dar fim à crise na Síria é necessário e ainda possível", disse Brahimi.

Eles concordaram que uma solução política se basearia nos elementos centrais do comunicado final emitido por grandes potências mundiais e regionais após a reunião em Genebra em 30 de junho sob a liderança do ex-mediador Kofi Annan.

Na ocasião, as potências internacionais concordaram que um governo de transição deve ser estabelecido na Síria para dar fim ao derramamento de sangue, mas não definiram que papel o presidente sírio, Bashar al-Assad, desempenharia nesse processo.

"Todos concordaram que a situação é tão ruim que algo precisa ser feito. Os partidos concordaram que essa reunião é uma primeira etapa na implementação do comunicado de 30 de junho", disse uma fonte diplomática à Reuters. "Não houve grande avanço, apenas discussões".

Brahimi disse que autoridades russas e norte-americanas também concordaram em se reunir com ele novamente "no futuro próximo".

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

 
O enviado internacional Lakhdar Brahimi repousa em Nova York, EUA. Brahimi disse após conversas com autoridades russas e norte-americanas neste domingo que concordaram que ainda era possível encontrar uma solução política à profunda crise na Síria. 24/08/2012 REUTERS/ONU/JC McIlwaine/Divulgação