Rebeldes sírios lutam contra militares perto do aeroporto de Damasco

terça-feira, 11 de dezembro de 2012 13:47 BRST
 

Por Dominic Evans

BEIRUTE, 11 Dez (Reuters) - Rebeldes sírios entraram em confronto com as forças leais ao presidente Bashar al-Assad perto do aeroporto de Damasco nesta terça-feira, lutando pela periferia da capital após 20 meses de conflito que, segundo a ONU, já afugentou meio milhão de pessoas do país.

Os combates perto do aeroporto, a 20 quilômetros ao sul-leste do centro da cidade de Damasco, fazem parte de um amplo confronto entre as forças de Assad e rebeldes que mantêm quase um arco contínuo de território desde o leste até a sudoeste da base de poder de Assad.

"Houve confrontos muito pesados desde ontem na cidade de Harã, no lado leste do aeroporto, e houve combate intermitente na área de Aqraba perto do aeroporto", disse o porta-voz rebelde Mussab Abu Qitada.

"Os rebeldes estão tentando manter um cerco do aeroporto. Eles também estão em torno da base aérea Aqraba, na estrada do aeroporto internacional", disse ele via Skype de Damasco.

O centro da capital, protegido por meses da violência que já matou 40 mil pessoas desde março de 2011, ecoou ao som do bombardeio de segunda-feira à noite, segundo moradores.

Os rebeldes, principalmente muçulmanos sunitas, obtiveram ganhos militares contra as forças ainda leais a Assad, muitos deles da minoria alauíta.

Os rebeldes tomaram bases militares em todo o país no último mês, e estão começando a cercar a capital, onde os cortes de energia e escassez de alimentos estão prejudicando os moradores que se preparam para o inverno.

Damasco vem sofrendo até 12 horas de cortes de energia por dia, dizem os moradores. O movimento em torno da cidade, salpicada de pontos de verificação de segurança, está cada vez mais difícil e soldados, forças de segurança e vigilantes locais estão em toda parte.   Continuação...