Tropas israelenses matam jovem palestino na Cisjordânia

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012 20:59 BRST
 

HEBRON, Cisjordânia, 12 Dez (Reuters) - Tropas israelenses mataram um jovem palestino nesta quarta-feira em Hebron, na Cisjordânia ocupada, depois que ele os ameaçou com o que pareceu ser uma pistola, mas que pode não ter sido uma arma real, disse um porta-voz da polícia.

A violência entre israelenses e palestinos no território capturado por Israel numa guerra em 1967 tem aumentando nas últimas semanas após um longo período de calmaria. Dois outros palestinos foram mortos na região em confrontos com israelenses no mês passado.

O mais recente embate começou na cidade conhecida pela elevada tensão entre palestinos e colonos judeus.

O porta-voz da polícia israelense, Micky Rosenfeld, disse que "um palestino puxou uma pistola em frente à polícia de fronteira em patrulha em Hebron", perto de um lugar sagrado após anoitecer. "A polícia atirou nele, o ferindo gravemente. Depois, ele foi declarado morto no local."

Autoridades médicas palestinas disseram que o jovem tinha 17 anos.

Rosenfeld afirmou que uma investigação inicial revelou que "ele puxou uma pistola falsa. Eles (as tropas no local) pensaram que era real... não está claro porque ele fez isso."

(Reportagem adicional de Yusri al-Jamal, em Hebron; de Ali Sawafta e Noah Browning, em Ramallah; e de Jihan Abdalla, em Jerusalém)