Ataque nos EUA deixa 28 mortos, incluindo 20 crianças em escola

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012 20:20 BRST
 

Por Chris Kaufman

NEWTOWN, Estados Unidos, 14 Dez (Reuters) - Um homem fortemente armado abriu fogo contra alunos e funcionários de uma escola primária de Connecticut, nos Estados Unidos, matando pelo menos 26 pessoas, inclusive 20 crianças, nesta sexta-feira, no mais recente de uma série de massacres com armas de fogo no país.

O autor do massacre morreu dentro da Escola Primária Sandy Hook, em Newtown, no Estado de Connecticut, na Costa Leste dos EUA, disse o tenente da polícia local, Paul Vance, em entrevista coletiva.

Vance contou que o homem matou 18 crianças e seis adultos na escola, e duas crianças feridas morreram mais tarde no hospital. Outra pessoa ligada ao suspeito foi encontrada morta numa casa em Newtown, elevando o total de vítimas fatais para 28.

Um dos mortos era a mãe do atirador, uma professora da escola, segundo o The New York Times, citando uma autoridade de segurança. O jornal também disse que o homem se matou no local do crime.

O suposto atirador entrou na escola enquanto as crianças estavam dentro das salas de aula na parte da manhã. Ele portava quatro armas e usava um colete à prova de balas, afirmou a WABC.

Esse é um dos piores massacres armados na história do país. A tragédia, em plena época natalina, foi a segunda desse tipo nesta semana nos Estados Unidos e deve contribuir para a retomada do debate sobre o controle de armas.

Emocionado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um discurso na sala de imprensa da Casa Branca e lamentou a morte de "pequenas crianças lindas com idades entre 5 e 10 anos".

"Como país, passamos por isso muitas vezes", disse Obama, descrevendo uma lista de massacres recentes.   Continuação...

 
Crianças aguardam no lado de fora da escola primária Sandy Hook, onde ocorreu um tiroteio nesta sexta-feira, em Newtown, Connecticut, nos Estados Unidos. 14/12/2012 REUTERS/Michelle McLoughlin