Russo, canadense e americano decolam rumo à Estação Espacial Internacional

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012 14:33 BRST
 

ALMATY, 19 Dez (Reuters) - A nave espacial Soyuz decolou nesta quarta-feira para a Estação Espacial Internacional (ISS) levando um russo, um norte-americano e um canadense, que deverão ficar seis meses em órbita.

A nave de fabricação russa Soyuz TMA-07M decolou no horário previsto, às 10h12 (horário de Brasília), do cosmódromo russo de Baikonur, no Cazaquistão.

"A tripulação está agora em segurança em órbita. Parabéns", disse o canal de televisão da agência espacial norte-americana Nasa, que transmitiu o lançamento.

Na viagem de dois dias da tripulação à ISS, o canadense Chris Hadfield é acompanhado pelo astronauta norte-americano Tom Mashburn e pelo cosmonauta russo Roman Romanenko.

Eles vão se juntar ao norte-americano Kevin Ford e aos russos Oleg Novitsky e Yevgeny Tarelkin, que vêm tripulando o complexo de pesquisa de 100 bilhões de dólares de 15 países desde outubro.

Um palhaço de brinquedo de um popular programa de TV para crianças da era soviética, servindo como indicador de gravidade, começou a flutuar na cabine quando a sonda atingiu sua órbita preliminar nove minutos depois da decolagem.

"Estamos nos sentindo bem", disse a tripulação ao controle da missão, perto de Moscou.

Hadfield será o primeiro canadense a comandar a estação espacial quando Ford, Novitsky e Tarelkin completarem sua missão em março.

Hadfield disse que vai tocar uma guitarra feita no Canadá no espaço. Romanenko levou uma gaita de boca para dar apoio à "banda espacial" liderada pelo canadense.   Continuação...