Papa faz visita e concede perdão a ex-mordomo antes do Natal

sábado, 22 de dezembro de 2012 17:26 BRST
 

Por Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Bento 16 fez uma surpresa antes do Natal e visitou neste sábado a prisão em que se encontrava detido seu ex-mordomo, perdoando-o por ter roubado e vazado documentos sobre supostas corrupções no Vaticano.

O papa passou cerca de 15 minutos com Paolo Gabriele antes de o preso ser libertado e poder voltar para o seu apartamento no Vaticano, ao lado de sua mulher e filhos, afirmou o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi

"O que eles disseram um para o outro continuará em segredo entre eles... Ele sabe que cometeu um erro", afirmou à Reuters a advogada de Gabriele, Cristiana Arru, que estava no apartamento quando ele retornou para a sua casa.

Gabriele foi condenado por furto qualificado em 6 de outubro, em um caso que constrangeu o Vaticano. Ele estava cumprindo uma sentença de 18 meses de prisão em uma cela na sede da polícia da cidade.

Lombardi chamou a iniciativa do papa de "um gesto paternal para uma pessoa com a qual o papa dividiu sua vida por vários anos... Esse é um final feliz nessa temporada de Natal para esse episódio triste e doloroso".

Lombardi e Arru descreveram o encontro como "intenso", porque foi a primeira vez que ambos se viram desde maio, quando Gabriele foi preso depois de a polícia do Vaticano encontrar vários documentos que tinham sido roubados do escritório papal em sua posse.

O pontífice também perdoou um especialista em computação do Vaticano que recebeu uma pena em outro julgamento.

VATILEAKS   Continuação...