24 de Dezembro de 2012 / às 13:37 / em 5 anos

Índia e Rússia assinam parceria estratégica e novos acordos de defesa

O presidente da Rússia, Vladimir Putin (E), cumprimenta o primeiro-ministro indiano Manmohan Singh durante reunião em Nova Délhi. A Índia assinou nesta segunda-feira acordo para comprar dezenas de helicópteros militares russos e conjuntos para montagem de jatos Sukhoi em uma reunião de cúpula em Nova Délhi, onde os líderes de ambos os países reafirmaram compromisso com uma aliança estratégica. 24/12/2012 REUTERS/Grigory Dukor

NOVA DÉLHI, 24 Dez (Reuters) - A Índia assinou nesta segunda-feira acordo para comprar dezenas de helicópteros militares russos e conjuntos para montagem de jatos Sukhoi em uma reunião de cúpula em Nova Délhi, onde os líderes de ambos os países reafirmaram compromisso com uma aliança estratégica.

A Índia, um dos principais clientes das armas de Moscou, afirmou que ambos os lados também estabeleceram acordo para criarem uma joint-venture para a fabricação de helicópteros e um fundo de 2 bilhões de dólares para investir em projetos de cooperação comercial e econômica.

“A Rússia é um importante parceiro em nossos esforços de modernização de nossas forças armadas”, disse o premiê indiano, Manmohan Singh, em pronunciamento. Singh afirmou que o presidente russo, Vladimir Putin, é um “amigo valioso e arquiteto original da parceria estratégica Índia-Rússia”.

A viagem de um dia de Putin à Índia, sua primeira ao país desde que iniciou em maio um novo mandato de seis anos no Kremlin, ressalta o interesse de Moscou sobre a Índia, há tempos uma aliada regional e agora parceira no grupo de países emergentes conhecido como Brics, do qual também participa o Brasil.

Fontes da indústria militar da Rússia afirmaram que a visita pode produzir acordos para a venda de jatos de combate e motores de aviões avaliados em mais de 7,5 bilhões de dólares. Entretanto, os principais acordos assinados, parecem ter ficado aquém da expectativa.

Fontes no Kremlin afirmaram que a Rússia vai vender à Índia 71 helicópteros militares MI-17 V-5, avaliados em 1,3 bilhão de dólares, bem como kits para montagem de 42 jatos Sukhoi SU-30MKI, avaliados em 1,6 bilhão de dólares. O Ministério de Relações Exteriores da Índia afirmou que o acordo original para os jatos foi assinado no ano passado.

Reportagem de Alexei Anishchuk

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below