Marinha da Nigéria caça piratas que sequestraram navio

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 15:48 BRST
 

YENAGOA, Nigéria, 24 Dez (Reuters) - A marinha da Nigéria disse nesta segunda-feira estar caçando piratas que sequestraram no fim de semana quatro membros da tripulação de um navio fora da costa do oeste africano, região produtora de petróleo.

O navio, nomeado pela marinha de MV Asso Ventuno, embarcou no domingo a cerca de 65 km da costa do Estado nigeriano de Bayelsa, produtor de petróleo, de acordo com o International Maritime Bureau (IMB).

Não houve ferimentos a outros membros da tripulação e os piratas liberaram o navio, que continuou até um porto seguro, disse o IMB.

Um porta-voz da Marinha da Nigéria confirmou o incidente: "Cinco embarcações foram mobilizadas para tarefas de patrulha fora da Brass Area.

"A Marinha da Nigéria, em colaboração com outras agências, têm intensificado os esforços de busca e resgate dos quatro membros da tripulação sequestrados do MV Asso Ventuno e na apreensão dos piratas."

A pirataria e o sequestro no Delta produtor de petróleo da Nigéria são comuns e o Golfo da Guiné, rico em petróleo, só perde para as águas ao largo da Somália em risco de ataques de piratas, que aumentam os custos para as empresas de petróleo e transporte.

Houve uma série de sequestros em águas nigerianas e no Delta do Níger este mês. Na semana passada, os piratas saquearam um navio petroleiro da Nigéria e sequestraram cinco tripulantes, disse o operador do navio.

(Reportagem de Tife Owolabi e reportagem adicional de Joe Brock)