Membro do partido de Putin é morto a tiros no Cáucaso

terça-feira, 25 de dezembro de 2012 12:30 BRST
 

MOSCOU, 25 Dez (Reuters) - Dois homens armados mataram a tiros um membro do partido do governo da Rússia nesta terça-feira no norte do Cáucaso, onde o Kremlin combate uma insurgência islâmica, disseram investigadores.

Agressores não identificados invadiram o gabinete de Boris Zherukov em Nalchik, capital da província de Kabardino-Balkaria, e atiraram duas vezes na cabeça dele, disse o Comitê de Investigação da Rússia em um comunicado.

Zherukov era chefe do partido Rússia Unida, do presidente Vladimir Putin, no Parlamento local. Ele também era reitor da Universidade Agrícola Estatal.