Rússia pede a governo sírio que busque diálogo com adversários

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 10:34 BRST
 

Por Steve Gutterman

MOSCOU, 28 Dez (Reuters) - A Rússia pediu nesta sexta-feira ao governo sírio que atue com prontidão no diálogo com os adversários, colocando seu peso nos esforços diplomáticos para acabar com o conflito de 21 meses na Síria.

O ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse ter pedido ao vice-chanceler sírio, Faisal Makdad, que dê ênfase à disponibilidade de seu governo para o diálogo com a oposição, durante conversações realizadas em Moscou na quinta-feira.

"Nós encorajamos ativamente... a liderança síria a tornar o mais concreta possível a sua declarada disponibilidade para o diálogo com a oposição", disse Lavrov a jornalistas, após reunião com o chanceler egípcio Mohamed Kamel Amr, em Moscou.

Lavrov afirmou que o governo sírio deve enfatizar a sua abertura para negociações sobre a maior gama possível de assuntos, em conformidade com um acordo internacional firmado em Genebra em junho, e que pedia a formação de um governo de transição.

"Acho que uma avaliação realista e detalhada da situação na Síria levará os membros razoáveis da oposição a buscar meios de iniciar um diálogo político", acrescentou Lavrov, que na semana passada disse que nenhum lado iria vencer pela força.

A Rússia deve receber um alto diplomata dos EUA para a Síria no próximo mês para discutir com o enviado internacional à Síria, Lakhdar Brahimi, planos para acabar com a guerra civil, declarou um pouco antes nesta sexta-feira o representante do Kremlin para a região.

Brahimi vai visitar Moscou no sábado para conversações sobre os resultados de suas negociações com o presidente da Síria, Bashar al-Assad, e com a oposição síria, durante uma viagem de cinco dias a Damasco, em que ele pediu mudanças políticas para acabar com o derramamento de sangue.

"Vamos ouvir o que Lakhdar Brahimi tem a dizer sobre a situação na Síria e, depois disso, provavelmente, haverá uma decisão de realizar uma nova reunião dos três "Bs", afirmou o vice-ministro das Relações Exteriores, Mikhail Bogdanov, disse à agência de notícias russa RIA, referindo-se às iniciais dos nomes dos diplomatas envolvidos nas conversações.   Continuação...

 
Ministro de Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov teria pedido a governo sírio que dialogue com a oposição. 28/12/2012 REUTERS/Sergei Karpukhin