Egito diz ter detido no Sinai oficial do Exército israelense

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 19:46 BRST
 

CAIRO, 31 Dez (Reuters) - As forças de segurança egípcias detiveram um oficial do Exército israelense na região de Taba, na península do Sinai, depois que ele passou por um cruzamento de fronteira e tirou fotos de propriedade protegida e conversou com motoristas, disseram fontes de segurança.

"O oficial israelense foi preso pelas forças nacionais de segurança em 29 de dezembro. A segurança estatal agora está interrogando-o", disse um funcionário da segurança nacional estatal à Reuters.

A agência de notícias estatal Mena disse que o homem preso é um morador de Tel Aviv de origem russa chamado Andrea Chetekov. Ele não carregava um passaporte quando entrou no Sinai e seu nome não estava nas listas de chegada de turistas, disse a agência.

A televisão estatal divulgou anteriormente que o homem preso era um ex-oficial do Exército chamado Andre Yacoub e tinha entrado no Egito ilegalmente.

As fontes de segurança no Sinai disseram que o homem de 24 anos, residente de Tel Aviv, vinha reunindo informações sobre o Sinai conversando com motoristas na área perto do cruzamento na fronteira de Taba, entre Israel e o Egito. O oficial foi levado para a área Nuweiba no Sinai, onde está sendo questionado, disseram as fontes.

O Egito está tentando reafirmar o controle sobre o Sinai, que vem sofrendo falhas na segurança desde o levante que derrubou Hosni Mubarak em fevereiro de 2011.