Telescópio Kepler encontra 461 potenciais novos planetas

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013 20:55 BRST
 

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, Estados Unidos, 7 Jan (Reuters) - O telescópio espacial Kepler, da Nasa, descobriu outros 461 potenciais novos planetas, a maioria do tamanho da Terra ou um pouco maior, disseram cientistas nesta segunda-feira.

O anúncio eleva a contagem do Kepler para 2.740 candidatos a novos mundos, 105 dos quais foram confirmados.

"Dois anos atrás nós tínhamos cerca de 1.200 planetas candidatos. Um ano depois, acrescentamos um número significativo de novos objetos e vimos a tendência de um elevado número de planetas muito pequenos... duas vezes o tamanho da Terra ou maior", disse o astrônomo do Kepler, Christopher Burke, em entrevista coletiva transmitida da Sociedade Astronômica Americana em Long Beach, na Califórnia.

Com o acréscimo de 461 novos candidatos a planeta, coletados em mais de 22 meses de observações do telescópio Kepler, a proliferação de pequenos planetas continua.

Os novos alvos incluem o que parece ser um planeta cerca de 1,5 vezez maior do que a Terra circulando sua estrela parecida com o sol em uma órbita de 242 dias, uma distância onde água líquida, que se acredita ser necessário para a vida, poderia existir em sua superfície.

Em pesquisa semelhante, astrônomos determinaram que cerca de uma em cada seis estrelas parecidas com o Sol tem planetas do tamanho da Terra circulando suas estrelas mais perto do que a órbita de 88 dias de Mercúrio em torno do Sol.

O objetivo da missão Kepler, que começou em 2009, é determinar quantas estrelas na galáxia Via Láctea têm planetas do tamanho da Terra em órbita nas chamadas zonas habitáveis, onde água pode existir em suas superfícies.