Nova cepa de norovírus se dissemina pelo mundo

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013 16:01 BRST
 

Por Kate Kelland

LONDRES, 9 Jan (Reuters) - Uma nova cepa de norovírus de inverno que provoca vômitos se espalhou para a França, Nova Zelândia e Japão, vindo da Austrália, e está dominando todas as outras para se tornar a variedade dominante na Grã-Bretanha, disseram autoridades da área de saúde nesta quarta-feira.

A variedade de norovírus, conhecida como Sydney 2012, foi identificada num artigo científico na semana passada e a Agência de Proteção à Saúde da Grã-Bretanha (HPA, na sigla em inglês) disse que testes genéticos mostraram que ela agora estava provocando mais casos na Inglaterra e no País de Gales do que as outras cepas.

A Sydney 2012 não tem sintomas piores do que outras variedades, mas pode causar vômitos, diarreia e às vezes febre, dores de cabeça e de estômago.

Os casos de norovírus aumentaram mais cedo do que o esperado neste inverno na Grã-Bretanha, em toda a Europa, no Japão e em outras partes do mundo.

Embora o norovírus geralmente provoque apenas alguns dias de mal-estar, é responsável por milhões de infecções todos os anos e também é famoso por sua capacidade de fugir do controle.

Nos Estados Unidos, os Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças dizem que os norovírus provocam 21 milhões de enfermidades por ano, com 70.000 casos exigindo internação hospitalar e cerca de 800 terminando em morte.

O cientista Ian Goodfellow, que vem estudando o norovírus há 10 anos, descreve-o como "a Ferrari do mundo viral" e "um dos vírus mais infecciosos para o homem".

Últimos números da HPA mostram uma queda nos casos de norovírus relatados no período do Natal, algo que os cientistas haviam previsto, mas com 4.140 casos até agora na Inglaterra e no País de Gales, as infecções ainda são 63 por cento maiores do que nesta época no ano passado.   Continuação...