Desemprego na Grécia atinge novo recorde em outubro

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 10:38 BRST
 

ATENAS, 10 Jan (Reuters) - O desemprego na Grécia subiu para um novo recorde de 26,8 por cento em outubro, na medida em que a economia do país endividado se arrasta, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira.

A taxa de desemprego na Grécia quase triplicou desde que começou a subir em setembro de 2009, conforme a crise da dívida do país surgiu, e é mais do que o dobro da taxa média na zona do euro, que ficou em 11,8 por cento em novembro.

O desmprego entre os jovens de 15 a 24 anos também atingiu um novo recorde de 56,6 por cento em outubro, ante 22,1 por cento no mesmo mês há quatro anos, de acordo com o serviço de estatísticas ELSTAT.

Políticas de austeridade adotadas pelos credores internacionais do país para sustentar as finanças públicas pesaram sobre a economia, que estava encolhendo a uma taxa anualizada de quase 7 por cento no terceiro trimestre.

A Grécia deve permanecer em recessão pelo sexto ano seguido em 2013, com a produção nacional devendo encolher 4,5 por cento sob o peso de cortes orçamentários e aumentos tributários no valor de 9,4 bilhões de euros.

Um recorde de 1,34 milhão de gregos estavam sem trabalho em outubro, alta de 38 por cento ante o mesmo mês de 2011, disse o ELSTAT.

 
Índice de desemprego na Grécia chegou a 26,8 por cento em outubro. Taxa quase triplicou desde setembro de 2009. 10/01/2013 REUTERS/John Kolesidis