Líderes democratas pedem prontidão a Obama para evitar default

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 18:30 BRST
 

WASHINGTON, 11 Jan (Reuters) - Os líderes democratas do Senado dos Estados Unidos disseram ao presidente Barack Obama que ele precisa estar pronto para tomar "quaisquer decisões legais" para impedir um default em seus pagamentos se o Congresso não aumentar o teto de endividamento a tempo.

"Nós achamos que você precisa estar disposto a tomar quaisquer decisões legais para garantir que a América não quebre seus compromissos e provoque uma crise econômica global --sem aprovação do Congresso, se necessário", afirma trecho da mensagem enviada a Obama e divulgado nesta sexta-feira.

A Casa Branca tem dito que acredita que não possui autoridade constitucional para elevar o teto de endividamento de forma unilateral.

(Reportagem de Richard Cowan)