Superávit comercial da zona do euro salta por exportações

terça-feira, 15 de janeiro de 2013 08:35 BRST
 

BRUXELAS, 15 Jan (Reuters) - A zona do euro registrou superávit comercial acima do esperado em novembro graças ao aumento das exportações e à estabilidade das importações, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, indicando alta da competitividade do bloco e demanda doméstica reprimida por conta da recessão.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que o superávit comercial não ajustado nos 17 países que usam o euro foi de 13,7 bilhões de euros em novembro, ante 4,9 bilhões de euros um ano antes, uma vez que as exportações saltaram 5 por cento e as importações ficaram estáveis.

Nos 11 primeiros meses de 2012, as exportações da zona do euro subiram 8 por cento contra o mesmo período de 2011, enquanto as importações cresceram apenas 2 por cento.

Detalhes do período entre janeiro e novembro ainda não foram divulgados, mas dados mostraram que entre janeiro e outubro as exportações de maquinário, carros e outros produtos manufaturados da zona do euro compensaram os custos mais altos de importações de óleo e gás.

Ajustado sazonalmente, o superávit comercial foi de 11 bilhões de euros em novembro, ante 7,4 bilhões em outubro, uma vez que as exportações subiram 0,8 por cento na comparação mensal e as importações caíram 1,5 por cento.

O superávit comercial do maior exportador da Europa, a Alemanha, atingiu 158 bilhões de euros, ante 129 bilhões um ano antes.

Mas a maior melhora foi registrada na Itália, que atingiu um superávit de 6,6 bilhões de euros nos 10 primeiros meses de 2012 ante um déficit de 25,3 bilhões um ano antes.

(Reportagem de Jan Strupczewski)