Grupo ligado à Al Qaeda diz ter sequestrado 41 na Argélia

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 14:41 BRST
 

NOUAKCHOTT, 16 Jan (Reuters) - Militantes islâmicos ligados à Al Qaeda afirmaram ter sequestrado 41 pessoas, entre elas sete norte-americanos, numa operação em uma usina de gás no sul da Argélia, afirmaram duas agências de notícias sediadas na Mauritânia.

Os militantes disseram que os ataques eram uma retaliação ao fato à permissão dada pela Argélia para que a França use o espaço aéreo do país para bombardear o território do Mali, segundo a ANI e a Sahara Media, as agências que afirmaram terem conversado com os militantes.

(Reportagem de Laurent Prieur e John Irish)