Sequestradores dizem ter repelido tentativa do Exército da Argélia de invadir cativeiro

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 20:13 BRST
 

NUAKCHOTT, 16 Jan (Reuters) - Militantes islâmicos fortemente armados disseram que repeliram uma tentativa do Exército da Argélia de entrar num campo de gás onde eles afirmam manter reféns até 41 estrangeiros, disse a agência de notícias ANI, da Mauritânia, nesta quarta-feira.

Citando uma fonte do grupo de militantes ligado à Al Qaeda que reivindicou a autoria da operação em que os estrangeiros foram sequestrados, a ANI disse que os militantes armados trocaram tiros com soldados argelinos, que foram forçados a recuar.

A fonte disse que havia dezenas de militantes armados, tanto com armamento leve e pesado, incluindo morteiros e mísseis antiaéreos.

(Reportagem de John Irish)