ONU diz que 400 mil refugiados podem deixar o Mali nos próximos meses

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 09:49 BRST
 

GENEBRA, 18 Jan (Reuters) - Mais de 700.000 pessoas devem ser desalojadas em consequência da violência no Mali, incluindo 400.000 que podem fugir para países vizinhos nos próximos meses, afirmou a agência de refugiados da ONU nesta sexta-feira.

"Acreditamos que pode haver em um futuro próximo um adicional de 300.000 pessoas desalojadas no interior do Mali e um adicional de até 400.000 refugiados deslocados para países vizinhos", disse a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), Melissa Fleming, em coletiva de imprensa em Genebra.

Cerca de 147.000 malineses já fugiram para países como Mauritânia, Níger, Burkina Fasso e Argélia desde que a crise começou no ano passado, incluindo 2.744 desde que começaram os ataques aéreos franceses há uma semana, disse a porta-voz.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

 
Moradores de vilarejo acenam para soldados franceses de passagem pela cidade de Konobougou, no Mali. Mais de 700.000 pessoas devem ser desalojadas em consequência da violência no Mali, incluindo 400.000 que podem fugir para países vizinhos nos próximos meses, afirmou a agência de refugiados da ONU. 17/01/2013 REUTERS/Joe Penney