Guerrilha colombiana ELN sequestra 5 em mina de ouro

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 17:23 BRST
 

BOGOTÁ, 18 Jan (Reuters) - Dois colombianos, dois peruanos e um canadense que trabalham numa mina de ouro foram sequestrados por guerrilheiros do grupo rebelde colombiano Exército de Libertação Nacional, com o qual o governo mantém contatos paralelos ao atual processo de paz com as Farc, principal guerrilha do país.

O chefe das Forças Armadas do país, general Alejandro Navas, disse que entre 20 e 25 guerrilheiros chegaram a um acampamento de uma empresa colombiano-canadense no município de Norosí, Departamento de Bolívar (norte).

Navas acrescentou que uma operação aéreo-terrestre foi iniciada para tentar resgatar o grupo.

O ELN é a segunda maior guerrilha do país e, embora mantenha contatos com o governo do presidente Juan Manuel Santos, não participa da negociação formal de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que acontece em Cuba.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)