Presidente do México anuncia cruzada contra a fome

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 21:36 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO, 18 Jan (Reuters) - O presidente do México, Enrique Peña Nieto, lançará na segunda-feira uma campanha contra a fome com o objetivo de cobrir as carências de uma ampla faixa da população, num plano semelhante ao implementado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Brasil.

A "cruzada" abrangerá 400 municípios dos cerca de 2.500 do país e incluirá a participação de diversas secretarias, desde a de Desenvolvimento Social, responsável pelos programas contra a pobreza, até as de Agricultura, Defesa Nacional e Educação, disse uma fonte do governo.

No Brasil, os programas Fome Zero e Bolsa Família, que incluem transferências diretas de renda a famílias pobres, ajudaram o país a tirar mais de 20 milhões de pessoas da pobreza entre 2003 e 2009, segundo o Banco Mundial.

Apesar de o México ser um país com numerosos recursos naturais, 46,2 por cento da população vive na pobreza, o que equivale a 52 milhões de pessoas, segundo a última medição de 2010 do Conselho Nacional de Avaliação da Política de Desenvolvimento Social (Coneval).

Cerca de 11 milhões de pessoas, ou 10,6 por cento da população, vivem em pobreza extrema, sobretudo em Estados com numerosa população indígena, como Chiapas e Oaxaca, no sul, e Guerrero, no oeste.

Peña Nieto, que assumiu em 1 de dezembro um mandato de seis anos, disse dias atrás durante um evento público que o governo quer "mudar a face da marginalização, da pobreza, do contraste social que o nosso país tem."

Apesar de mais detalhes sobre o plano não terem sido divulgados, como seu financiamento, Peña Nieto disse durante toda a campanha eleitoral que iria se inspirar nos programas sociais implementados por Lula para combater a miséria.

(Reportagem de Anahí Rama; reportagem adicional de Silvio Cascione)