Sargento saudita é acusado de violentar crianças em Las Vegas

sábado, 19 de janeiro de 2013 09:58 BRST
 

LAS VEGAS, 19 Jan (Reuters) - Um sargento da Força Aérea Saudita, que está nos Estados Unidos para um treinamento, foi preso sob acusação de abuso de crianças e estupro de um menino de 13 anos de idade em um hotel em Las Vegas, e a fiança foi definida em 1,2 milhão de dólares, disseram autoridades.

Mazen Alotaibi foi acusado de violentar o menino na noite de ano novo no hotel Circus Circus, onde tanto Alotaibi quanto o garoto eram hóspedes, de acordo com a queixa criminal.

A polícia disse que Alotaibi, de 23 anos, tinha ido visitar Las Vegas, enquanto está temporariamente na base da Força Aérea Lackland, no Texas.

O advogado de defesa disse que seu cliente estava em Las Vegas com um grupo de amigos militares sauditas antes do iminente fim de seu treinamento nos EUA, e passou as horas antes do incidente bebendo.

"Ele estava a duas semanas de se formar. Ele chegou a Las Vegas para comemorar. Era véspera de Ano Novo", disse o advogado Don Chairez à Reuters, reclamando que Alotaibi estava embriagado quando foi interrogado pela polícia e que ele admitiu que pode ter tido contato sexual com o menino apenas sob questionamento agressivo.

"Não há evidências de que meu cliente arrastou o garoto para o quarto do hotel", disse Chairez.

(Por Cynthia Johnston)