Conflito na Síria assola setor agrícola do país, diz ONU

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 11:55 BRST
 

ROMA, 23 Jan (Reuters) - O conflito em curso na Síria deixou o setor agrícola do país em frangalhos, fazendo com que a produção de trigo e cevada caísse pela metade e causando destruição em massa da infraestrutura agrícola, disse a FAO, Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, nesta quarta-feira.

Depois de uma missão de avaliação realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) na Síria entre 18 e 22 de janeiro, a Organização para Agricultura e Alimentação da ONU (FAO) disse que a produção de trigo e cevada caiu para 2 milhões de toneladas em 2012, quase metade dos 4 a 4,5 milhões de toneladas em anos normais.

"A missão ficou impressionada com a situação do povo sírio, cuja capacidade de enfrentar o cotidiano está drasticamente corroída por 22 meses de crise," disse Dominique Germine, diretor da Divisão de Reabilitação de e Emergências da FAO, em comunicado.

A missão, coordenada com o governo sírio e a oposição, também apontou que o conflito estava causando grande destruição de infraestrutura e sistemas de irrigação e os agricultores estavam com dificuldade para colher as lavouras completamente, devido à insegurança e falta de combustível.

(Reportagem de Catherine Hornby)