Indicado a secretário de Estado Kerry recebe elogios em audiência do Senado dos EUA

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 16:58 BRST
 

Por Patricia Zengerle

WASHINGTON, 24 Jan (Reuters) - O senador norte-americano John Kerry recebeu tapinhas nas costas e elogios generosos de seus colegas do Senado em uma audiência nesta quinta-feira, que deixou poucas dúvidas de que ele irá ser facilmente confirmado como secretário de Estado.

Aparecendo perante o Comitê de Relações Exteriores do Senado, que ele presidiu pelos últimos quatro anos, o cinco vezes senador por Massachusetts e veterano da Guerra do Vietnã foi elogiado por democratas e republicanos.

"Olho para você, ao ser indicado para isso, como alguém que levou quase que toda a vida, por assim dizer, por este momento, sendo capaz para servir nessa posição", disse o senador Bob Corker do Tennessee, o principal republicano no grupo.

"Estamos honrados em recebê-lo como o indicado do presidente para um posto que você fez por merecer", disse o senador Robert Menendez, o democrata por Nova Jersey que presidiu a audiência para o comitê, que ainda é tecnicamente liderado por Kerry.

"Você não precisará de apresentação para os líderes políticos e militares do mundo, e começará --a partir do primeiro dia-- totalmente familiarizado não apenas com os meandros da política norte-americana, mas com uma compreensão da necessária abordagem diferenciada", acrescentou Menendez.

Kerry foi recebido com tapinhas nas costas quando chegou para sua audiência e conversou de maneira relaxada com os senadores, ironicamente observando sua reversão de papéis depois de passar 29 anos sentado fazendo perguntas na comissão.

"Não quero que isso afete suas perguntas de abertura, mas deixe-me dizer que nunca vi um grupo mais distinto e bonito de funcionários públicos em minha vida", disse, em meio às risadas. Vários senadores disseram que estavam certos de sua confirmação.

ESPERANÇOSO SOBRE IRÃ   Continuação...

 
Senador norte-americano John Kerry sorri durante audiência perante o Comitê de Relações Exteriores do Senado, em Washington. Kerry recebeu tapinhas nas costas e elogios generosos de seus colegas do Senado em uma audiência nesta quinta-feira, que deixou poucas dúvidas de que ele irá ser facilmente confirmado como secretário de Estado. 24/01/2013 REUTERS/Gary Cameron