Principal oleoduto do Iêmen é alvo de atentado, dizem autoridades

sábado, 26 de janeiro de 2013 10:42 BRST
 

SANAA, 26 Jan (Reuters) - Atacantes não identificados explodiram um trecho do mais importante oleoduto do Iêmen, forçando o país a fechar uma de suas fontes mais lucrativas de renda, disseram neste sábado pessoas do governo e de tribos locais.

Os gasodutos e oleodudos do Iêmen vêm sendo repetidamente sabotados por rebeldes e tribos desde que os protestos contra o governo criaram um vazio de poder, em 2011, o que provoca a escassez de combustível e reduz as receitas de exportação do país.

Testemunhas disseram que o oleoduto que liga os campos de produção da província central de Maarib ao Mar Vermelho foi atacado na noite de sexta-feira.

"Ouvimos uma explosão na área de Sirwah, seguida pelas chamas subindo do oleoduto", disse uma testemunha de uma tribo à Reuters.

A estabilidade no Iêmen é uma prioridade para os Estados Unidos e seus aliados do Golfo Pérsico por causa da posição estratégica do país, situado ao lado da Arábia Saudita, maior exportador mundial de petróleo, e de importantes rotas de navegação.

O Iêmen é um dos países em que os militantes da rede Al Qaeda estão mais ativos.

Uma fonte do governo disse que a produção foi interrompida depois que um dispositivo colocado sob o oleoduto explodiu.

"O Exército está na trilha dos sabotadores e as equipes técnicas vão começar a reparar os danos imediatamente", disse a fonte.

(Reportagem de Mohammed Ghobari)