Destroços do F-16 desaparecido na Itália podem ter sido encontrados

terça-feira, 29 de janeiro de 2013 15:50 BRST
 

RAVENNA, Itália, 29 Jan (Reuters) - Mergulhadores da Guarda Costeira italiana, procurando um F-16 norte-americano e seu piloto desaparecidos, estavam concentrando a busca nesta terça-feira nas águas onde um barco pesqueiro encontrou destroços que podem pertencer ao caça, disse um oficial da Guarda Costeira.

Os destroços, incluindo fragmentos de aço carbono, foram encontrados flutuando no norte do Mar Adriático durante a noite, disse o contra-almirante Francesco Saverio Ferrara. A Força Aérea dos Estados Unidos disse em comunicado nesta terça-feira que poderiam ser destroços da aeronave desaparecida.

"Esperamos descobrir mais durante o dia para que possamos ter uma imagem mais completa do que aconteceu", disse Ferrara.

O jato desaparecido decolou da Base Aérea de Aviano em um exercício de treinamento na tarde de segunda-feira, e a torre de controle perdeu o contato com o avião por volta das 17h (horário de Brasília).

As operações de busca e resgate estão sendo conduzidas por mar do porto de Ravenna, e aviões da Força Aérea de Aviano estão liderando a busca do ar, disse Ferrara.

Neve e chuva atrasaram a operação durante a noite, e nesta terça-feira a névoa estava diminuindo a visibilidade, disse a Guarda Costeira.

(Reportagem de Giorgio Benvenuti)

 
O almirante italiano Saverio Ferrar aponta para um mapa que mostra as coordenadas para uma busca de um F-16 norte-americano que desapareceu sobre o mar Adriático, em Ravenna, Itália. 29/01/2013 REUTERS/Giorgio Benvenuti