Hillary diz que não se vê "voltando à política"

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 10:06 BRST
 

WASHINGTON, 30 Jan (Reuters) - A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, rejeitou na terça-feira os rumores de que poderia ser candidata a presidente em 2016, ao dizer que só pensa agora em "pular fora da pista rápida" em que tem estado.

Hillary, ex-primeira-dama, ex-senadora e pré-candidata derrotada à presidência em 2008, deixa nesta semana o cargo de chefe da diplomacia norte-americana.

Alguns admiradores já registraram na sexta-feira passada um comitê político chamado "Prontos para Hillary", aparentemente voltado à prospecção de uma nova candidatura presidencial.

Mas Hillary disse em entrevista à Rádio Pública Nacional que não está interessada nessa questão. "Já estou fora da política como secretária de Estado. Não me vejo voltando à política."

A secretária, de 65 anos, foi hospitalizada em dezembro por um coágulo cerebral causado por uma concussão sofrida anteriormente por ela numa queda. Mas, numa outra entrevista, à rede NBC, ela disse que considera ter condições para entrar numa campanha política.

(Reportagem de Margaret Chadbourn)

 
Secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, participa de entrevista Townterview no museu Newseum, em Washington. Hillary rejeitou os rumores de que poderia ser candidata a presidente em 2016, ao dizer que só pensa agora em "pular fora da pista rápida" em que tem estado. 29/01/2013 REUTERS/Gary Cameron