Rússia comemora vitória na Batalha de Stalingrado

sábado, 2 de fevereiro de 2013 11:53 BRST
 

Por Denis Dyomkin

VOLGOGRADO, 2 Fev (Reuters) - A cidade de Volgogrado readotou seu antigo nome de Stalingrado por algumas horas neste sábado, enquanto a Rússia comemorava o 70º aniversário da batalha que mudou os rumos da Segunda Guerra Mundial.

A vitória na Batalha de Stalingrado, que durou seis meses e causou a morte de cerca de 2 milhões de pessoas, é um símbolo de orgulho nacional, que produziu surtos de sentimento patriótico e, em alguns momentos, nostalgia em relação à era soviética e ao ditador Josef Stalin.

O presidente Vladimir Putin voou para Volgogrado, conhecida como Stalingrado de 1925 a 1961, para levar uma coroa de flores e se encontrar com veteranos após uma parada militar liderada por soldados em uniformes da Segunda Guerra Mundial e com a presença de um tanque T-34, da época do conflito.

"Eu vi cidades da Europa que foram praticamente intocadas pela guerra, países que se renderam aos inimigos mais poderosos antes mesmo de a guerra ser declarada", afirmou o vice-primeiro-ministro, Dmitry Rogozin, durante um discurso na parada. "Mas não somos assim. Nossos avós, nossos pais, nossa geração mais velha, nossos grandes líderes, lutaram aqui por cada prédio, por cada rua."

Centenas de veteranos de guerra foram à parada na Praça dos Combatentes Caídos, no centro de Volgogrado, com seus casacos decorados por medalhas. O mais novo tem 89 anos.

Depois da batalha de Stalingrado, as tropas soviéticas avançaram a oeste em direção a Berlim, tomando a capital alemã 27 meses depois.

Muitos dos veteranos afirmaram que a cerimônia tinha sentimentos distintos, pois eles também perderam muitos colegas e familiares na batalha.