Peres pede que Netanyahu forme um novo governo israelense

sábado, 2 de fevereiro de 2013 18:16 BRST
 

JERUSALÉM, 2 Fev (Reuters) - O presidente israelense Shimon Peres pediu formalmente ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, no sábado, que ele forme um novo governo de coalizão depois da eleição geral de 22 de janeiro.

Netanyahu terá inicialmente 28 dias para formar a coalizão. Seu partido de direita, o Likud-Beitenu, levou uma surra nas eleições e ficou com 31 assentos, 11 a menos do que ele tinha antes da eleição, mas mesmo assim, continua sendo o maior partido.

Na semana passada, Peres consultou os representantes dos 12 partidos eleitos para o parlamento de 120 assentos, o Knesset, e as facções que controlam 82 assentos, que recomendaram que Netanyahu deveria ser convidado a formar uma coalizão.

Sua administração deve ser formada com um novo partido de centro liderado pelo ex-apresentador de TV Yair Lapid, que, com 19 assentos é o segundo maior partido, pelo partido de extrema-direita Bayit Yehudi (Lar Judaico), com 12 assentos e por outros partidos religiosos e de centro.

A construção da coalizão israelense pode ser um processo trabalhoso e Netanyahu poderá precisar de todos os 28 dias antes de anunciar seu governo. Ele pode pedir a Peres mais 14 dias para completar a tarefa, caso seja necessário.

(Por Ori Lewis)