Netanyahu discutirá Irã, Síria e Palestina com Obama

domingo, 10 de fevereiro de 2013 12:33 BRST
 

Por Jeffrey Heller

JERUSALÉM, 10 de Fev (Reuters) - Ambições nucleares do Irã, guerra civil na Síria e estagnados esforços de paz entre israelenses e palestinos estarão no topo da agenda da visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, à Israel disse neste domingo o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

"É uma visita muito importante que vai enfatizar a forte aliança entre Israel e os Estados Unidos", disse Netanyahu, segundo o seu gabinete.

A Casa Branca anunciou na terça-feira que Obama pretende visitar Israel, Cisjordânia e Jordânia na primavera, aumentando as perspectivas de uma nova pressão dos EUA para reiniciar os esforços de paz israelo-palestinas congelados nos últimos dois anos.

A Casa Branca não deu datas exatas para a viagem, a primeira de Obama a Israel desde que assumiu o cargo. O canal de televisão 10 de Israel citou fontes não identificadas em Washington dizendo, na semana passada, que a visita teria início em 20 de março.

Em declarações públicas, na sessão de gabinete, Netanyahu colocou o Irã no topo de sua lista de pontos de conversa com Obama e se referiu apenas em termos gerais aos esforços de paz com os palestinos.

"O presidente e eu falamos sobre esta visita e acordado que iríamos discutir três questões principais ... tentativa do Irã de armar-se com armas nucleares, a situação instável na Síria ... e os esforços para fazer avançar o processo diplomático de paz entre o palestinos e nós", disse Netanyahu, que já teve um relacionamento irritado com Obama.

Obama e Netanyahu discutiram a viagem em um telefonema em 28 de janeiro.

 
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu (centr), comparece à reunião semanal de seu gabinete em Jerusalém, Israel. 10/02/2013 REUTERS/Uriel Sinai/Pool