Vaticano planeja despedida do Papa e consultas sobre novo nome começam

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013 17:15 BRST
 

Por Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO, 12 Fev (Reuters) - Cardeais em todo o mundo iniciaram contatos informais para discutir quem deverá ser o próximo líder da Igreja por um período de crise e o Vaticano disse que planejou uma grande despedida para o Papa Bento XVI antes de ele se tornar o primeiro pontífice a renunciar em séculos.

Em uma coletiva de imprensa na terça-feira sobre o que Papa fará nas próximas duas semanas antes de sair, o Vaticano também informou que Bento XVI, de 85 anos de idade, utiliza um marca-passo cardíaco desde antes de ser eleito papa em 2005.

Nenhuma doença específica levou o papa a renunciar, segundo o Vaticano, mas enfraquecimento mental e físico.

Também foi dito que o papa não irá assumir nenhum papel na Igreja depois de sua renúncia se efetivar em 28 de fevereiro.

"O papa disse em sua declaração que usará seu tempo para oração e reflexão e não terá nenhuma responsabilidade na condução da Igreja, ou qualquer responsabilidade administrativa ou governamental", disse o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.

O anúncio chocante levou o Vaticano a buscar mudar locais de algumas atividades papais para que mais pessoas possam vê-lo antes da renúncia.

Sua última audiência geral, marcada para o dia antes de sua renúncia, foi transferida do salão de audiências do Vaticano, que tem uma capacidade de cerca de 10 mil pessoas, para a Praça de São Pedro, que suporta centenas de milhares de pessoas.

RETIRO   Continuação...