Mali anuncia eleição presidencial em 7 de julho

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 20:35 BRST
 

BAMACO, 14 Fev (Reuters) - O Mali realizará uma eleição presidencial em 7 de julho, num passo importante para a estabilização do país depois da intervenção militar francesa que expulsou os rebeldes islâmicos das principais cidades do norte, disse o governo na quinta-feira.

Depois da retomada por tropas francesas e malinesas das importantes cidades de Gao e Timbuktu, no final de janeiro, o presidente interino, Dioncounda Traoré, havia anunciado a intenção de realizar eleições nacionais até o final de julho.

A realização de eleições confiáveis é a principal exigência de governos ocidentais que apoiaram a intervenção francesa na sua ex-colônia, o que foi um golpe para militantes islâmicos aliados da Al Qaeda que buscavam realizar ataques na região e no Ocidente.

"O primeiro turno da eleição presidencial será no primeiro domingo de julho", disse o ministro da Administração Territorial, Moussa Sinko Coulibaly, numa entrevista coletiva em Bamaco, a capital.

Eleições legislativas serão realizadas em 21 de julho, junto com um eventual segundo turno da votação presidencial.

(Reportagem de Tiemoko Diallo)